Portuguese English Spanish
Sexta, 27 Maio 2016 02:35

Exclusivo - Entrevista com a escritora Lair Franca

Exclusivo - Entrevista com a escritora Lair Franca Lair Franca em ação

Exclusivo - Entrevista com a escritora Lair Franca

Esta é uma entrevista padrão realizada pelo Cultura Alternativa para que vocês tenham informações diversas sobre escritores do mundo inteiro. Depois, se o mesmo possuir livro publicado, faremos matéria informativa ou opinativa sobre o mesmo, desde que, o trabalho ou os trabalhos sejam enviados para nossa Caixa Postal.

O Cultura Alternativa tem 20.000 acessos dia, 600.000 mês e quer chegar a 100.000 dia. Portanto, pedimos que você compartilhe nosso site no seu facebook, enfim, onde for possível, pois, somos alternativos.

 

Fale um pouco da sua vida, onde nasceu, etc. Lembre-se que o leitor na internet gosta de concisão. Ser conciso é fundamental.

Sou Lair Franca, natural de Corrente-Pi, filha de Deodoro Januário de Oliveira e Filomena Amaral de Oliveira, ambos já falecidos, mas deixaram um bem muito precioso como herança, a educação dada aos filhos. Vim para Brasília em 1977, onde construí uma nova vida. Sou Pedagoga com especialização em Psicopedagogia e Administração escolar, escritora e contadora de histórias. Trabalho como professora na Secretaria de Educação do Distrito Federal, na área de Educação Especial. 

 

Agora um breve currículo literário, peço que não copie e cole currículos e sim, lembre que na internet a linguagem de fácil assimilação é fundamental?

Inicie a minha carreira de escritora ainda muito jovem. Gostava de ler, recontar e criar. Fui uma adolescente muito sonhadora e gostava de registrar esses sonhos.

Quando vim para Brasília, passei por um período de adaptação bastante sofrido, pois estava em luto pela perda de minha mãe e deixei em minha cidade, amigos e familiares que me faziam muita falta. Nessa época, surgiu meu primeiro livro de poesias intitulado, FAGULHAS. 

Abandonei a arte de escrever por alguns anos em decorrência de um problema de saúde.

Quando assumi a profissão de professora, a convivência com as crianças diariamente, me fizeram tomar gosto pela contação de histórias e consequentemente despertar a escritora que estava adormecida por algum tempo. 

Foi aí que nasceu o gosto pela literatura infantil.

Gosto de inventar e reinventar. Amo escrever literatura infantil e estar em contato com crianças que é o meu foco como escritora e professora.

Publicações: 1982, poesias FAGULHAS.

Participação em seis antologias de poesias e contos.

Literatura infantil, três livros publicados: - O CICLISMO REALIZANDO SONHOS, THESAURUS EDITORA,2013;  LENTES MÁGICAS (1ª ED. Editora KELPS,2015 e 2ª ED. - EDITORA TRAMPOLIM, 2016); MARIELA QUER SER MODELO – GLOBAL PRINT EDITORA, 2016 (projeto apoiado pelo Fac/Secult-DF).

Prêmios: Concurso Poesia todo dia da Agbook com a poesia Borboleta: 2º lugar no VII Fórum Brasíia Capital das Leituras, com o Projeto de Contação de Histórias e Incentivo à Leitura, ERA UMA VEZ…

Comenda, Mérito Legislativo Marquês de Paranaguá Corrente-Pi, em reconhecimento a dedicação à arte literária. 

 

 

Você acha que o Brasil respeita o escritor?

Precisa melhorar muito. Faltam incentivos e iniciativas por parte do governo para tornar viável a publicação das obras de escritores nacionais e facilitar o acesso dessas, nas escolas, onde se tem um grande público leitor.  

Outro setor que precisa rever seus conceitos é o das livrarias e distribuidoras, que dificultam o acesso dos novos escritores no mercado literário. Mesmo quando aceitam suas obras, essas são colocadas em prateleiras escondidas, longe das vistas dos clientes leitores. 

 

Dê ideias de como a sua literatura e a literatura nacional poderiam ser mais valorizadas?

O Ministério da Cultura, poderia facilitar o processo de aquisição das obras que são adquiridas e distribuídas nas escolas públicas de todo o país, para oportunizar a todos os escritores nacionais, sendo eles renomados ou  não. 

Que os Editais das Secretarias de Cultura sejam mais acessíveis  a todos os escritores.

Que as escolas públicas busquem trabalhar obras de autores renomados e novos, para que os alunos possam ter acesso aos dois universos e não receberem sempre obras dos mesmos autores.   

 

Agora responda só se quiser. Qual o pior da sua literatura, da literatura que você produz e o melhor? Na sua visão, o que pode ser melhorado e qual o destaque da sua literatura. E também qual seu diferencial, o que você traz de novo nos seus escritos para o Brasil e o mundo.

É difícil falar sobre o pior da minha literatura. Sei que pode ter algumas  partes que talvez não agradem a todos, mas escrevo sempre com  cuidado  e muito respeito ao meu leitor. Procuro tratar  sobre temas que despertam muito a minha atenção e que são de grande importância para a formação das crianças e apoio para pais e professores. Os três livros infantis que escrevi, tratam de assuntos como:  bullying, valores, inclusão e esporte, temas atuais e relevantes. 

Pesquiso sempre, sobre  os assuntos abordados, para passar as informações  com mais segurança e conhecimento, pois escrevo para um público curioso e questionador. 

O diferencial que percebo, é o fato de ser professora, contadora de histórias, e trabalhar o Projeto de Incentivo à Leitura “ERA UMA VEZ...” 

O referido projeto é apresentado nas escolas públicas e particulares do Distrito Federal e entorno, onde  conto  histórias e ministro oficinas,  facilitando portanto, a divulgação das minhas obras. 

 

Quais os livros que já publicou e se existem livros no prelo?

Livro de poesias FAGULHAS publicado em 1982 (esgotado).

Três Livros infantis: O CICLISMO REALIZANDO SONHOS –  Thesaurus editora, 2013 (1ª edição esgotada); LENTES MÁGICAS – Editora KELPS, 2015 (1ª edição esgotada) 2ª Edição - editora Trampolim,2016; MARIELA QUER SER MODELO –Global Print Editora, 2016.

Dois títulos estão sendo trabalhados para impressão: O Soldadinho Azul e A Florzinha Encolhida. 

 

 

Você na Internet?

Página do Facebook – clique aqui 

Instagram – Lair Franca

Twitter – Não tem

You Tube – Não tem

Blog ou Site – clique aqui 

Whats App – 61 84581451

E-mail – Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. 

 

Alguma coisa ficou pendente que gostaria de falar?

Gostaria de finalizar essa entrevista, parabenizando você, pelo importante trabalho de informação, divulgação e valorização dos entrevistados. 

 

Adquira os trabalhos do autor entrando em contato com ele nos endereços da internet.

 

E solicitamos que nos envie seus livros para nossa Caixa Postal para que possamos realizar matéria de divulgação dos mesmos. Eis o endereço da Caixa Postal:

Portal Cultura Alternativa

Caixa Postal 1979

AC EQS 208/408

Brasília-DF

Cep – 70254-970

 

Anand Rao e Agnes Adusumilli

Editores do Cultura Alternativa

 

 

Deixe um comentário

Receba nossas atualizações e notícas

Todos os direitos reservados Portal Cultura Alternativa. Site por Alvetti.com