Portuguese English Spanish
Sábado, 25 Outubro 2014 16:11

Em tempos de produção em série, é lançado o livro Artesão da Palavras

Em tempos de produção em série, leituras rápidas e relacionamentos por mídias sociais, em que poucos têm tempo para olhares e reflexões, surge o livro Artesão das Palavras, que nos faz refletir sobre as belezas e vivências que estamos perdendo

 

Após mais de 25 anos de exercícios na escrita por diversos meios – inclusive na condição de ghost writer para editoriais de publicações corporativas, o paulistano Luiz Valério de Paula Trindade decide investir na sua carreira de escritor e lança seu primeiro livro Artesão das Palavras, publicado pela editora Scortecci.

Reunindo 33 crônicas e 02 poemas que abordam temáticas que envolvem amor, romantismo, esperança, perdas, conquistas, aprendizados, inspiração, escolhas, além de crônicas reflexivas sobre questões de ordem social contemporâneas, Artesão das Palavras aponta o talento raro em Luiz Valério que se rompe no universo literário. 

Na publicação, o leitor encontra crônicas sobre o cotidiano que Luiz Valério tece com extremo esmero, inteligência e simplicidade, revelando seu elevado grau de observação e de delicadeza que faz com que se visualize as cenas com precisão. 

A ideia do Artesão das Palavras, que também é o título de uma das crônicas do livro, surge do conceito de construir os textos de forma meticulosa, cuidadosa e singular, exatamente como são feitos os trabalhos artesanais. “As palavras são posicionadas e agrupadas uma a uma como se fosse um lento e altamente preciso processo de lapidação de uma pedra bruta, até que ela se transforme em uma jóia a ser entregue para os leitores”, conta Luiz Valério sobre o seu processo de escrita. 

A escolha quase cirúrgica das palavras é a principal marca dos textos de Luiz Valério, tanto que muitas das pessoas que o acompanham conseguem identificar que foram escritas por ele. “O estilo que desenvolvi se caracteriza por uma escrita o mais precisa possível, com as expressões mais apropriadas para transmitir o que tenho em mente”. No entanto, apesar do rico vocabulário que utiliza e de sua precisão, seus textos são transmitidos de forma fluida e suave, como se fosse um diálogo ao pé do ouvido com o leitor. 

Apesar de não manifestar preferência a nenhuma das 33 crônicas e 02 poemas escolhidas para esta edição, segundo ele, “criar textos se assemelha à paternidade/maternidade, em que o amor é o mesmo para todos filhos”, leitores e pessoas que acompanham seus escritos destacam Quero ser Mãe, que evidencia a grande capacidade do autor em se identificar com outros seres humanos.

É possível, nesta crônica, imaginar a moça balbuciando as palavras “quero ser mãe” de forma firme e doce, demonstrando a empatia e compaixão do autor com a personagem. 

Esta característica também aparece nos outros textos. Indício disto está contido principalmente nas crônicas: “Existe beleza no mundo”, “Escolhas”, “Envelhecer é bonito”, “Arrependimento”, “Felicidade”, entre outras.

Nesta coletânea, Luiz Valério também aborda a temática social, refletindo sobre a vida contemporânea dominada pelas relações e comunicações digitais, valores materialistas, busca do indivíduo moderno pela perfeição e estereótipos. Estes conteúdos aparecem em “Por fora, Por dentro”, “O nosso pronome possessivo de cada dia” e “Legado”. 

Emoção, amor e gratidão estão presentes em várias passagens por este trabalho, como em “Como nasce o amor, “Estaria o romantismo morrendo”, “Momentos”, e nas primorosas poesias “Regras” e “Eu que tanto amei”, revelando a grande sensilidade ao expressar sobre estes nobres sentimentos.

Além de seu primeiro livro, Luiz Valério está cheio de planos. Tem participação confirmada em mais cinco antologias de crônicas e poesias a serem lançadas no decorrer do ano, e além disso, já trabalha na edição do seu segundo livro solo de crônicas e poesias para o primeiro semestre de 2015. 

Num momento de stress e nos intervalos da correria do dia a dia, vale a pena pausar no tempo e entrar nesta sensível e tranquila viagem de reflexões que Artesão das Palavras transporta e transcende o leitor.

O livro Artesão das Palavras pode ser encontrado nas livrarias virtuais Asabeça (www.asabeca.com.br), Livraria Cultura (www.livrariacultura.com.br) e Livraria Martins Fontes (www.martinsfontespaulista.com.br).

Deixe um comentário

Receba nossas atualizações e notícas

Todos os direitos reservados Portal Cultura Alternativa. Site por Alvetti.com